Conquistando o tricampeonato de futebol mundial, Brasil fez história no México 213

No dia 21 de Junho de 1970, a seleção brasileira de futebol conquistou, no México, o seu terceiro título mundial de futebol. A equipe também entrou para a história como uma das melhores de todos os tempos.

Revista X - Copa

Do meio-campo para a frente, só tinha craque: Clodoaldo, Gérson e Rivelino; Jairzinho, Tostão e Pelé. O time ainda contava no banco com Paulo Cezar Caju e Edu. Na defesa, um capitão com a técnica, classe e liderança de Carlos Alberto Torres. Sem contar a força de Brito, a simplicidade de Piazza, a energia de Everaldo e Félix.

Foram seis vitórias em seis partidas. Seis shows, com gols espetaculares e jogadas eternizadas como o gol de Carlos Alberto no 4 a 1 sobre a Itália, na grande final. Mas o que dizer do 4 a 1 sobre a Tchecoslováquia, do 1 a 0 sobre a Inglaterra, do 3 a 2 sobre a Romênia, do 4 a 2 no Peru e do 3 a 1 no Uruguai, na semifinal? O Brasil comandado pelo técnico Zagallo mereceu demasiadamente o titulo e a posse definitiva da Taça Jules Rimet. A mágica daquele time foi justamente reunir tantos talentos e fazê-los render como um conjunto.

Na despedida do Rei, um jogador inesquecível

Revista X - Copa

Aos 29 anos, o Mundial do México foi de Pelé. O Rei do Futebol protagonizou alguns dos lances mais lindos da história do futebol. Sejam nos quatro gols marcados – destaque para o de cabeça, na final contra a Itália -, sejam pelos que não marcou: o chute do meio de campo contra a Tchecoslováquia, o drible de corpo no goleiro uruguaio Mazurkiewicz, a cabeçada que o goleiro inglês Gordon Banks salvou, numa das mais difíceis defesas de todos os tempos.

Revista X - Copa

 

 

 

 

 

Curta e compartilhe a Revista X!
0
Previous ArticleNext Article
Jornalista (23). Fã de esportes, apaixonada por futebol e leitora assídua. Contato: thamirys.jornalista@gmail.com

1 Comment

  1. Mais Gol de Placa!
    Viva a Melhor das Melhores Jornalista da Revista X.
    Meus Parabéns a Revista X, cada vez mais Apaixonada por essas Matérias de Esporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Michel Lopes, O Samurai 297

Michel Lopes, O Samurai, encontrou nas lutas um meio de sobreviver a marginalidade e a violência que dominam o dia a dia no Rio de Janeiro, principalmente para pessoas que vivem em zonas de risco como a qual ele cresceu. O Samurai sabe que se não fosse toda a disciplina aprendida nos tatames, talvez hoje ele nem mesmo estaria vivo e é por isso que mantém um projeto social em Itaboraí, no qual ensina luta para cerca de 30 crianças e jovens, com o intuito de tirá-los das ruas e assim criarem um objetivo de vida.

Mas toda essa historia começou a muito tempo atrás, quando Michel tinha ainda 4 anos e viu uma roda de capoeira em uma praça, foi naquele dia que ele se interessou pela luta e foi ali que ele decidiu todo o seu futuro. Ao longo de sua vida Michel colecionou diversas medalhas e cinturões, sendo vice-campeão mundial de Jiu-Jitsu e possuindo 43 campeonatos no Muay Thai, conseguindo a vitória em todos eles.

Além de possuir grau Preta e Branca no Muay Thai, Michel é também faixa preta no Kick Boxing e no Karatê. Essa garra e conhecimento que possui nas lutas mais variadas foi o que lhe rendeu a vitória em 2017 no “Open” no “Campeonato Sul-Americano Aberto de Artes Marciais”, Michel lutou na final contra um atleta de Kung-Fu, levando-o à nocaute em apenas 1 minuto e 45 segundos, se classificando assim para o mundial na Argentina que vai ocorrer agora em 2018.

Mas além de ser campeão nas artes, Michel é campeão na vida, pois luta diariamente contra o preconceito que as pessoas tem contra lutas, contra a falta de patrocinadores aqui no Brasil. Apesar do sonho de poder representar o Brasil nos campeonatos ser grande, as necessidades são maiores e não foram poucas as vezes que Michel pensou em desistir de tudo, em desistir do seu sonho para ter um melhor emprego e ter como dar mais conforto a sua família, porém sempre que pensou em desistir sua esposa e amigos estiveram do seu lado, lhe dando apoio e dando seu jeito para que ele nunca desistisse.

Em 2018 Michel tem uma parte do seu sonho prestes a se realizar, representar o Brasil no Campeonato Mundial que ocorrerá na Argentina e também no WORLD MUAYTHAI CHAMPIONSHIPS 2018 que acontecerá no México, compondo a SELEÇÃO BRASILEIRA PERMANENTE DE MUAYTHAI. Trazer essa vitória para o Brasil e para todos que acreditam nele. Trazer essa vitória para cada criança que assim como ele cresceu e cresce em lugares de risco, com a violência extremamente perto mas que sonham um dia ser alguém na vida, o Samurai quer que com essa conquista os jovens que tem poucas oportunidades consigam enxergar que eles podem fazer o que quiserem se tiverem força e dedicação.

Revista X - Michel Lopes

No entanto, esse sonho pode não se realizar, as passagens, hospedagem e demais gastos do dia a dia durante o campeonato dão um total de R$3000,00 um dinheiro com o qual ele, sem patrocínio, não terá como conseguir. Por isso você pode ajudar a tornar esse sonho real. O valor excedido será revertido para o PROJETO que ele participa na Associação de Moradores de Picos e Perobas – Itaboraí / RJ.

Para doar qualquer valor deposite na conta da Associação de Moradores de Picos e Perobas.

CAIXA ECONOMICA
AG.: 0811
OPERAÇÃO: 003
CONTA: 00002185-0
Ajude o Samurai a fazer esse sonho se tornar real e assim inspirar diversas crianças e jovens que assim como ele lutam diariamente para sobreviver em meio a todo esse caos que existe.
Curta e compartilhe a Revista X!
0