SUCESSO ABSOLUTO! 75

Por: Maicon Souza

Empresária Patrícia Costa inaugura seu segundo salão de beleza na zona sul de Niterói.

A ‘super’ empresária Patrícia Costa inaugurou na noite desta quinta-feira (29) seu mais novo espaço de beleza: O Absoluto Instituto de Beleza. A inauguração, que reuniu amigos da empresária, chega com diversos serviços, com ênfase na estética corporal e facial.

Elaborado com muito requinte e dedicação, o espaço de 100m² oferece serviços como cabeleireiro, podologia, unhas, embelezamento do olhar e micropigmentação. Há ainda tratamentos mais modernos de embelezamento facial e corporal como luz pulsada, laser, crio, radiofrequência e terapias.

“Estou realizada. Foram 9 anos de muito trabalho no primeiro salão com muita qualidade e serviço, crescendo a cada dia. Conseguimos um espaço estratégico, em uma região que cresce a cada dia e próximo ao outro salão. O trabalho aumenta, mas seguiremos com o que sempre foi prioridade: excelente atendimento, serviços de primeira, em um espaço lindo e luxuoso.” conta Patrícia.

“Grande parte dos nossos clientes são desta região e ficaram felizes com esse novo espaço. Eu e Patrícia sempre fomos empreendedoras e vimos que era necessário um lugar que pudesse trazer mais comodidade e conforto, unindo ambas as partes: ela com salão e eu com a parte estética”, conta Márcia Costa, que é presidente do Sindicato de Esteticista do Rio de Janeiro será responsável por coordenar os profissionais que atuarão no Instituto.

 

 

Conforto, modernização e profissionais capacitados, você encontra no Absoluto Instituto de Beleza, que fica na Rua Doutor Nilo Peçanha 76, Ingá.

Curta e compartilhe a Revista X!
0
Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fashion Revolution 362

O Fashion Revolution é um movimento global, criado após o desabamento do edifício Renan Plaza, em Bangladesh, onde havia cinco fábricas de roupas, que produziam para grandes marcas globais. O desastre aconteceu em 24 de Abril de 2013, deixando 1138 mortos e 2500 feridos. As vítimas eram em sua maioria mulheres jovens, que eram mantidas em condições análogas à escravidão. Desde então pessoas de todo o mundo se reuniram para usar o poder da moda para mudar o mundo.                                                                                            O movimento pede maior transparência, sustentabilidade e ética na indústria da moda. Querem mobilizar E unir toda a indústria da moda e dá início a uma revolução para mudar a maneira como as roupas são adquiridas, desde a produção á compra, de modo que todo o consumo mundial seja feito de forma limpa, segura e justa.

Revista X - ModaMudança positiva.

O Fashion Revolution acredita em uma indústria da moda que valoriza o capital humano e o meio ambiente. E usa a transparência como uma medida de mudança positiva.                                                                                                Hoje com apenas cinco anos o Revolution já é o maior movimento de ativismo de moda do mundo e conta com o envolvimento de 66 mil pessoas, que no ano passado participaram de 100 eventos da revolução da moda. Desde passarelas e roupas, até exibições de filmes, painéis de discussão, acrobacias criativas e workshops. Outros eventos ocorreram em escolas e universidades envolvendo até celebridades e influenciadores.

As marcas estão respondendo

Desde o seu nascimento o Revolution convida consumidores a perguntar ás marcas como e qual o processo de produção, usando a hashtag  #whomademyclothes

A iniciativa teve um impacto significativo nas redes sociais, levando as marcas a responder às perguntas dos clientes.  Marcas como Zara, Dar face, Massimo Dito entre mais de duas mil marcas de moda varejista que responderam com informações reais sobre seus fornecedores ou com fotos de seus funcionários.

Conquistas

Revista X - Moda

 

Pessoas do mundo inteiro se envolveram, mais de 100.00 pessoa usam as mídias sociais para perguntar as marcas que usam #whomademyclothes.                                                                                                                          As marcas ouviram, o que gerou mudanças como melhores condições de trabalho para agricultores, centenas de fábricas em Bangladesh agora são locais seguros para se trabalhar, o salário mínimo para os trabalhadores do vestuário aumentaram e houve uma redução nô uso de produtos químicos tóxicos.

Revolution Week

O Fashion Revolution atua durante o ano todo em diversos países, mas durante a semana de aniversário do movimento, acontece o Revolution Week, um convite para mais pessoas se juntarem ao movimento. Realiza-se  uma série de eventos conscientizadores. Palestras workshops, desfiles iniciativas universitárias em 33 estados do Brasil.

O Fashion Revolution ainda possui e disponibiliza materiais educacionais gratuitos.

Revista X - Moda

Curta e compartilhe a Revista X!
0

Revista X na Brazil Quality Summit 2018 769

No dia 10 de Maio 2018 aconteceu no hotel Windsor na Barra da Tijuca a XI edição do Brazil Quality Summit, um evento organizado pelo Latin American Quality Institute (LAQI) com o intuito de formentar a qualidade total de empresas brasileiras.

LAQI

O Latin American Quality Institute, além de ser a responsável pelo Brazil Quality Summit, é uma organização privada, sem fins lucrativos, que foi fundada no Panamá em 2007, possuindo como objetivo levar poder ao corpo empresarial latino-americano e proporcionar inteligência empresarial por meio de um modelo de excelência, alinhado com tendências mundiais.

XI EDIÇÃO DO BRAZIL QUALITY SUMMIT

A XI edição do Brazil Quality Summit teve como desafio transformar negócios. Criar impacto em longo prazo para as empresas e para a sociedade além de premiar as empresas que se destacaram em 2018.

Durante o evento os convidados puderam participar de diversas conferências destinadas a promover a aplicação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS) na atividade diária das empresas, seus integrantes, stakeholders e esfera de influência, com a finalidade de conseguir o futuro que queremos até 2030.

O ciclo de conferências começou às 15h, com as boas vindas de Daniel Maximilian da Costa, CEO & Founder do Latin American Quality Institute, às 15h15min estava programado para começar a conferencia com Daniel Brizon que veio falar sobre Qualidade Total e Gestão Humana, para isso Daniel usou seu grande talento como palestrante mesclando seus dons em ilusionismo para falar sobre como incorporar uma gestão de qualidade e empoderamento de talento humano de acordo com as ODS 3 (Saúde e bem estar), 5 (Igualdade de gênero) e 8 (Trabalho decente e crescimento econômico).

Logo após, foi a vez de Julio Araujo palestrar sobre RSE e Impacto nos negócios, para isso Julio falou sobre como obter objetivos de impacto triplo empresarial aplicando as ODS 10 (Redução das desigualdades), 12 (Consumo e produção responsável), 13 (Ação contra a mudança global do clima) e 15 (Vida terrestre). Sua conferência mostrou a todos como o consumo irresponsável prejudica nosso pais e o futuro da humanidade, e que são necessárias medidas extremas para diminuir esse consumo o quanto antes, ou em pouco tempo, com o crescimento populacional, nosso planeta não será suficiente para todas as nossas “necessidades”.

 

Tivemos ainda a especialista Ana Cristina Campelo falando sobre Marketing e vendas com comunicação corporativa. Ela apostou em um apelo mais emocional para falar sobre como estabelecer um plano de comunicação que transfere na imagem e resultados da campanha os ODS 10 (Redução das desigualdades), 12 (Consumo e produção responsável) e 17 (Parcerias e meios de implementação), seu vídeo final com certeza deixou a todos que estiveram presentes bastante emocionados.

Após a palestra de Ana Cristina Campelo tivemos um painel de discussão onde os especialistas dos painéis anteriores iriam esclarecer dúvidas dos participantes.

Às 18h15min estava previsto para começar o Coffee Break, um momento para os convidados interagirem, tirarem fotos, darem entrevistas. Inclusive a Revista X montou um rápido estúdio no local para que os empresários junto com as suas famílias e convidados pudessem registrar em uma foto profissional aquele dia.

E Então foi chegado o momento mais aguardado, a Cerimônia Central que iria conceder o prêmio Empresa Brasileira do Ano 2018 para seus convidados e a Escolas Digital Max foi contemplada com o troféu de reconhecimento no ramo de educação, através de seus esforços e dedicação no compromisso publico com a qualidade e excelência dos serviços oferecidos.

ESCOLAS DIGITAL MAX

O grupo Digital Max é uma instituição de ensino profissionalizante que atua nos segmentos de informática, idiomas, empreendedorismo e petróleo & gás, visando capacitar o jovem para o mercado de trabalho.

 

Com 5 unidades distribuídas entre Rio de Janeiro e São Paulo, a Digital Max já formou mais de 100 mil alunos em quase 15 anos de atuação, se tornando assim um dos principais nomes na área de cursos livres do mercado. Os alunos que se formam na Digital Max são preparados para o mercado de trabalho, inclusive, é comum, alguns ex-alunos se tornarem colaboradores da empresa após sua formação.

REVISTA X

Uma surpresa para nós da Revista X aconteceu no final da noite, já quase no fim da premiação, fomos chamados ao palco para receber um troféu de reconhecimento por nosso trabalho desenvolvido, no ramo de comunicação.

A Revista X se sente muito honrada pelo prêmio, pois apesar de ser uma revista existente a pouco tempo no mercado já obtivemos esse reconhecimento tão estimado de uma organização tão importante quanto a LAQI e essa premiação com certeza refletirá em uma dedicação ainda maior para trazer as melhores novidades aos nossos leitores.

Curta e compartilhe a Revista X!
0
Inscreva-se.
Acessar Revista

Revista X
4ª edição 2019

Matérias e fotos Exclusivas da Atriz e Modelo Anajú, Acesse agora!
close-link